''Um adendo por favor, seres lindos que leem meu blog!
Preciso que entendam, se possível for, uma coisinha (básica), não escrevo textos pondo EU ali, ou então relatando minhas singelas emoções/vivencias/sentimentos... Para isso existem diários e cartinhas, como na pré adolescência. Então, please! São apenas palavras que surgem e acabam encaixando-se, e logo tornam-se uma escrita, uma frase, um texto (legal ou não)
Só queria dizer...''


terça-feira, 25 de junho de 2013

Sem sentido

Dói, esmaga, tortura...
As lágrimas que deveriam cair, se privam disso, não me aliviando esta dor. Sangra, rasga-me o peito e me leva a uma loucura exorbitante até que perco o sentido. E já o que eu vejo, não é mais aquilo que deveria ver...
A luz some, o silencio chega, o vazio toma conta de quem não tem mais forças e não consegue gritar, pedir socorro, então continua vivendo e convivendo com toda esta agonia solitária, jamais compartilhada, que destaca um lindo sorriso para aqueles que ousam lhe reparar...


Fabíola F. Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário