''Um adendo por favor, seres lindos que leem meu blog!
Preciso que entendam, se possível for, uma coisinha (básica), não escrevo textos pondo EU ali, ou então relatando minhas singelas emoções/vivencias/sentimentos... Para isso existem diários e cartinhas, como na pré adolescência. Então, please! São apenas palavras que surgem e acabam encaixando-se, e logo tornam-se uma escrita, uma frase, um texto (legal ou não)
Só queria dizer...''


segunda-feira, 17 de junho de 2013

Face a face

Eu não pedi por sua atenção e tão pouco implorei os seus olhares.
Quiseste fazer parte de um mundo muito particular, que é só meu e de mais ninguém... Não peça tanto, não queria demais!
Sigo por estradas que só eu sei onde podem levar, não faço questão de companhia uma vez que me sou suficiente.
A brisa que suavemente acaricia meu rosto, me roubando um singelo sorriso alimenta todo meu ego, posso sentir o vento tocar minha mão e me guiar por caminhos meus. É como se fosse cortejada pelo cheiro da grama molhada, peculiarmente única e despojada.
Sons indecifráveis que ouço jamais conseguirei explicar, e é como se mais nada me faltasse. Então meu bem, não me queira face a face. Não há esta disponibilidade!


Fabíola F. Silveira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário